Bem-estar e Saúde

Bem-estar e Saúde

Pensando em proporcionar aos estudantes um equilíbrio no que tange a saúde física, mental, psicológica e social, o Instituto  Germinare implantou  o Projeto “Germinando Saúde e Bem-estar”, que conta com o apoio de profissionais especializados como nutricionista, professores de condicionamento físico e psicóloga.

Esse projeto tem como objetivo principal incutir nos alunos a mudança de comportamento através de Atividades Físicas e Alimentar, utilizando o Princípio da Educação Permanente em Saúde, com a finalidade de prevenir os agravos e consequentemente as doenças associadas à falta de atividade física e promover a conscientização dos estudantes para adquirirem o bem-estar e um melhor desempenho acadêmico e profissional.

Diante dos desafios do mundo contemporâneo, a escola tem se reinventado, buscando novas formas de abordar temas e promover o desenvolvimento cognitivo e emocional de seus estudantes. Contudo, acreditamos que uma educação integral, que vise a proporcionar uma aprendizagem significativa e o bem-estar dos indivíduos, não deve se pautar apenas na instalação de equipamentos modernos e na transmissão de conteúdos essenciais. É necessário implementar ações que promovam um ambiente harmonioso, estimulante e, principalmente, atento às demandas dos agentes envolvidos.

Desse modo, pensamos que uma educação de qualidade passa também pela atenção à fatores que podem interferir no desempenho educacional dos adolescentes, dentre eles, destacamos a nutrição e a atividade física que, segundo especialistas, podem contribuir para um melhor desempenho cognitivo dos estudantes.

Praticar exercícios físicos ajuda muito na concentração e fixação de conteúdo. Quem os pratica, além de desenvolver melhor o raciocínio lógico e a memória, apresenta também reflexos mais apurados e maior foco na realização de atividades escolares. Além disso, a atividade física regular favorece a diminuição dos níveis de estresse, tão típicos em épocas de prova e nos períodos de tensão que envolvem o vestibular, a apresentação de trabalhos, monografias, entrevistas de emprego e afins.

Além de movimentar o corpo, é importante que os estudantes mantenham uma dieta completa e balanceada. Uma boa alimentação está diretamente relacionada ao aprendizado, portanto, um aluno bem nutrido tem mais facilidade para aprender.

No que tange a alimentação o conceito é oferecer alimentos frescos, sem conservantes, sem corantes e sem aditivos químicos na composição das refeições dos seus alunos, colaboradores e professores.

A missão é fornecer alimentação saudável, gostosa, prazerosa e nutritiva, contribuindo para a formação de hábitos alimentares adequados e saudáveis para a vida inteira dos nossos alunos, impactando diretamente no bem estar e qualidade de vida destes jovens, e também no desempenho de qualquer atividade proposta.

A prática da alimentação natural é uma maneira de reconectarmos o nosso corpo com o consumo dos produtos disponíveis na natureza. Assim regressar a esses hábitos milenares, e extremamente saudáveis, garantem mais energia, bom crescimento, desenvolvimento, maior concentração e rendimento na fase escolar dos nossos alunos.

Podemos destacar ainda outros benefícios de uma alimentação saudável, tais como:

·  Incentivar novos hábitos alimentares para os alunos, professores e colaboradores da Germinare, através da reeducação alimentar, projetos pedagógicos, aulas de culinária e ações de sustentabilidade.

·  Formar hábitos alimentares adequados, equilibrados e saudáveis para a vida inteira.

·  Balancear nutricionalmente as preparações para que os alunos tenham as quantidades necessárias e adequadas de carboidratos complexos, proteínas de alto valor biológico, gorduras do bem, maior consumo de fibras alimentares; maior ingestão de minerais; maior ingestão de vitaminas hidro e lipossolúveis; menor consumo de sódio, gordura e açúcar e a possibilidade de manter uma alimentação livre de compostos químicos, alergênicos e tóxicos.

·  Incentivar a experimentação de novos sabores e aromas, criando novas referências alimentares, estimulando assim aceitação e aprovação.

·  Planejar, preparar e apresentar as refeições através de uma equipe capacitada e responsável pela gestão da cozinha, valorizando os ingredientes frescos, naturais, regionais e de época. Respeitando desta forma o ciclo dos alimentos, o meio ambiente, a sazonalidade e a sustentabilidade.

Responsáveis pela Alimentação: Nutricionista Responsável pelo Projeto Alimentare: Dra. Camila Podete Luiz – CRN3 16761 /  Gestão e Operação do Refeitório -  GRSA

Além disso, a presença de uma psicóloga no ambiente escolar é crucial para um trabalho efetivo de acompanhamento dos estudantes. Esta profissional oferece orientações sobre como melhorar a aprendizagem e o desenvolvimento dos estudantes, auxilia na forma como pais e professores estimulam o desenvolvimento educacional e facilita a criação de condições ideais para o desenvolvimento e a aprendizagem saudável. Também atua na organização do ambiente dos futuros gestores e potencializa a motivação nos estágios.

Portanto, a nossa proposta se estrutura em 3 pilares: Nutrição, Psicologia e Condicionamento Físico